No caso do Brasil, além das galinhas domésticas (Gallus galuus domésticos), de origem europeia, os portugueses também trouxeram a Galinha D’Angola (Numida Meleagrides), que é uma espécie de galinha semi-doméstica nativa da África, que se adaptou muito bem às nossas terras. Fato é que hoje, no Brasil e no mundo, a variedade de galinhas é imensa e suas peculiaridades também.

A galinha (Gallus gallus domesticus)

Ainda que haja outras espécies que também sejam chamadas de galinhas e galos, como a Galinha D’Angola (Numida Meleagrides), bem conhecida no Brasil, as galinhas domésticas são todas aquelas que pertencem à espécie Gallus gallus domesticus, da família dos Galliformes. Com exceção da Galinha D’Angola, todas as que citaremos a seguir pertencem à mesma espécie e são de raças diferentes. Por isso, confira os tipos de galinhas e seus tamanhos:

Tipos de galinhas grandes

Segundo a classificação do PeritoAnimal, os tipos de galinhas grandes são aquelas raças que pesam mais do que 3 kg quando adultas. Confira alguma delas:

Galo índio gigante

Nessa lista de tipos de galinhas grandes, o galo índio gigante é, de longe, o maior, chegando a pesar até 8kg em alguns casos excepcionais. Para que ele seja considerado um galo índio gigante, de acordo com os padrões da raça, ele precisa medir ao menos 105 cm e 4,5kg quando adulto. Esse nome faz alusão ao macho, mas também é uma raça de galinha brasileira. Trata-se de um cruzamento de galos de rinha com galinhas caipiras.

Tipos de galinhas e seus tamanhos - Tipos de galinhas grandes

Imagem: Reprodução/healty.guzelduvaryazilari.com

Galinha pinta asturiana

É uma subespécie da galinha doméstica reconhecida pela sua plumagem manchadinha de branco e preto.

Imagem: Hector, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=36322014

Galinha Menorquina

Essa raça espanhola é reconhecida pelo seu porte grande, uma das maiores entre as raças mediterrâneas. Seu nome é homônimo à sua origem, a ilha de Menorca, na Espanha. Ela é visualmente reconhecida pela plumagem toda preta e uma manchinha branca na cara.

Galinha Rhode Island

Esta galinha, como o seu nome sugere, vem dos Estados Unidos e, mais especificamente, de Rhode Island. Sua crista pode ser simples ou ondulada, seus olhos são avermelhados e o papo é vermelho. Sua plumagem mais comum é de uma cor vermelha intensa. Um galo pesa idealmente cerca de 4 kg, enquanto a galinha cerca de 3 kg.

Galinha Sussex

Originária da Inglaterra, a galinha Sussex tem uma crista simples, papo vermelho, que lembra o vermelho alaranjado dos seus olhos. A sua cor de pele é branca, os seu torso é cor de carne e ela se distingue pela sua impressionante variedade de plumagem, que pode aparecer nos seguintes tons: branco arminhado com preto, tricolor, cinza prateado, branco, vermelho arminhado com preto, fulvo arminhado com preto e arminhado dourado com prata. Os galos Sussex pesam cerca de 4,1 kg enquanto as galinhas pesam pelo menos 3,2 kg.

Galinha Marans

O corpo da galinha Marans é alongado, robusto, retangular, de tamanho médio e a sua plumagem é rente ao corpo. Ela também é reconhecida graças à cor branca e rosada do seu torso com penas no exterior. A França é o seu país de origem.

Galinha Australorp

De origem australiana, esse é um dos tipos de galinha que chama atenção pela plumagem lustrosa, quase com reflexos metálicos em algumas cores e bem rente ao corpo. Os galos Australorps podem ser altos e podem pesar até 3,5kg.

Galinha Wyandotte

É uma galinha poedeira nativa dos Estados Unidos que tem essa crista ondulada, fina e perolada e papo vermelho. Suas cores são muito variadas e os galos podem chegar a pesar até 3,9kg.

Tipos de galinhas médias

Os tipos de galinhas seguir não costumam ultrapassar os 3kg:

Galinha Canela-Preta

Essa raça de galinha caipira comum no Nordeste brasileiro, principalmente no Piauí, caracteriza-se principalmente pela ausência de pelos nas canelas e pele escurecida, que determinam o seu nome. As penas do corpo são pretas, enquanto a região do pescoço pode variar entre branco, preto ou dourado.

Considera-se que as raças de galinhas nativas estejam em risco de desaparecimento devido à criação de linhagens otimizadas para o mercado, a galinha Canela-Preta é uma delas.

Tipos de galinhas e seus tamanhos - Tipos de galinhas médias

Imagem: Reprodução/AGERP

Galinha Barbuda do Catolé

Essa raça de galinha caipira brasileira teve o seu primeiro reconhecimento no estado da Bahia. Até a data de conclusão deste artigo sua definição fenotipica segue em desenvolvimento, por isso, na maioria das vezes ela costuma ser chamada apenas de galinha caipira.

Galinha castelhana negra

Essa raça espanhola de galinha é considerada pura e tem subespécies. Sua principal característica é a plumagem toda preta.

Galinha Vorwek

Essa raça de galinha alemã é o resultado de um cruzamento entre a galinha Lakenvelder, a galinha Orpington, a galinha Ramelsloher e a galinha Andaluza. Pesa cerca de 2 a 2,5 kg, enquanto o peso ideal do galo é de cerca de 2,5 a 3 kg. Ela tem essa única crista, vermelha, arredondada e papo branco que permite que a sua face vermelha e penugenta se destaque e brilhe. Seus olhos são caracterizados por sua íris vermelha alaranjada, seu bico é de tamanho médio e seu pescoço tem tamanho médio com tons de camelo.

Imagem: Reprodução/fermedebeumont.com

Galinha andaluza azul britânica

Essa é uma raça híbrida, resultado do cruzamento da raça Andaluza com a Menorquina, que foi desenvolvida na Inglaterra. Sua plumagem azulada com nuances pretos é uma de suas características mais marcantes.

Galinha appenzeller

As plumas arrebitadas sobre a cabeça dessa galinha de origem suíça são uma de suas características mais marcantes, além das variedades que têm a plumagem pintadinha em combinações das cores preta, prateada, dourada ou azulada.

Galinha Ayam Cemani

Essa raça de galinha nativa de indonésia é considerada rara. Sua aparência é inconfundível: ela é absolutamente preta da cabeça aos pés.

Galinha Faverolles

Esse raça de galinha de origem alemã se destaca pelo colarinho bem plumoso e o porte imponente. Nas versões grandes cores variam do preto ao salmão, com nuances brancas.

Tipos de galinhas pequenas

Galinha Peloco

Essa é uma raça de galinha brasileira, nativa da Bahia, que vive mais como galinha caipira. O estudos sobre essa raça são relativamente recentes e não há um consenso sobre as suas características fenotípicas, mas destaca-se a adaptação da Peloco ao clima quente da região, que não é suportado por todas as raças, e o seu baixo peso em relação à galinhas que são comercializadas.

Galinha sebright

A galinha sebright foi desenvolvida em 1800 na Grã Bretanha e chama atenção pela sua plumagem contornada pela cor preta, que lembra um mosaico. Pequena, uma galinha sebright não ultrapassa os 700 g.

Tipos de galinhas e seus tamanhos - Tipos de galinhas pequenas

Galinha D’Angola

A galinha-d’angola (Numida Meleagrides) ou Galinha-da Guiné é uma espécie nativa da África que também foi trazida pelos europeus ao Brasil durante a invasão portuguesa, não se sabe se ela já habitava o país anteriormente ou não. Diferente de outras espécies citadas dentre os tipos de galinhas, elas não são consideradas galinhas domésticas, mas sim semi-domésticas. Na verdade, ela é um parente distante do faisão. Sua coloração varia entre branco, cinza-claro e roxo-claro. Elas são animais monógamos, vivem em casais para se reproduzirem e pesam cerca de 1,3 kg.

Tipos de galinhas anãs

Muitas raças de galinhas também existem em versão miniatura ou anã. Das raças que citamos neste artigo, as que também têm parentes anãs são:

  • Galinha alemã imperial anã
  • Galinha andaluza anã
  • Galinha faverolles anã
  • Galinha Rhode Island anã
  • Galinha sussex anã
  • Galinha vorwerk anã
  • Galinha wyandotte anã

Fonte: Perito Animal

Dúvidas frequentes sobre a criação de galinhas de raça.

O manejo na criação de galinhas de raça deve ser feito da mesma forma que você trata as suas galinhas caipiras. Porém, existem algumas particularidades que devem ser observadas para que você consiga obter melhores resultados em sua criação.

As galinhas de raça não possuem a mesma rusticidade das galinhas caipiras. Por isso, o avicultor deve cuidar um pouco mais das questões sanitárias das aves.

O avicultor deve seguir rigorosamente o cronograma de vacinação para evitar perdas em seu plantel.

Posso formar as famílias das aves com raças diferentes?

Não é recomendado formar as famílias com aves de raças diferentes, pois, isso vai gerar uma prole sem as características de cada raça.

Por manter um valor acima do padrão, o mais indicado e agrupar as aves por raças. Com isso, o avicultor vai obter maior retorno financeiro na venda de ovos galados e aves vivas destinas a serem matrizes.

Quais as raças de galinhas que não chocam?

A grande maioria das galinhas de raça pura apresentam uma certa dificuldade para entrar no período de choco.

Da mesma forma, as galinhas resultantes de cruzamentos entre raças diferentes (híbridas) não possuem esse comportamento que é tão comum nas galinhas caipiras.

Esse é um problema que a grande maioria dos criadores enfrentam no momento de fazerem a reprodução das aves em suas propriedades.

Fonte: Criar Galinhas